Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

A movimentação de cargas no Porto de Vitória, em junho, apresentou o melhor resultado mensal do ano: 620 mil t. Esse número é 23,3% superior ao mesmo mês de 2019. O dado demonstra o início da recuperação no fluxo de cargas na CODESA, uma tendência positiva diante do impacto da Covid-19 na economia do país e do mundo.

Dois itens impulsionaram o aumento no volume de cargas no Porto de Vitória em junho: granéis sólidos (ferro gusa e fertilizantes) e granéis líquidos (combustíveis e soda cáustica) com 59,2% (110,2 mil t.) e 37,9% (17,3 mil t.), respectivamente, em comparação ao mesmo mês do ano passado.

“Junho foi o melhor resultado mensal de 2020 e bem acima do mesmo mês do ano passado. Este fato, em conjunto com os indicadores que a CODESA possui, apontam para uma tendência de crescimento na movimentação de cargas para o segundo semestre. Assim, acreditamos que o efeito negativo causado pela pandemia na movimentação cargas no Porto Vitória será menor a partir de agora. Em outras palavras, o pior já passou”, destacou Leonardo Bianchi, chefe da Coordenação de Planejamento e Desenvolvimento (COPLAD) da CODESA.

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória