Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Com o aumento das operações portuárias neste segundo semestre e, consequentemente, do crescimento do acesso às instalações do Porto de Vitória pelos Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs), a CODESA tem adotado medidas para evitar aglomerações e providenciou mais uma ação de mitigação à Covid-19. Nas portarias de Capuaba e de Vitória, após afixação de avisos verticais de prevenção à doença, agora foi feita a sinalização horizontal nos controles de acesso para manter o distanciamento mínimo de segurança entre os trabalhadores.

Segundo o membro do Comitê de Prevenção e Mitigação à Covid-19 e coordenador de Meio Ambiente e Segurança do Trabalhador (Comast) da CODESA, Eduardo Baldessin Barbosa, o Porto de Vitória continua vigilante e atento com as medidas de prevenção à doença. As sinalizações nas portarias foram providenciadas pela Comast e a fiscalização é feita pela Coordenação de Segurança Portuária (Conisp).

“Nos pontos principais de acesso, percebemos a necessidade de demarcar também o chão na parte externa, pois internamente já tínhamos o controle. Embora já existam placas de aviso orientando para evitar aglomerações e aguardar na fila, essa demarcação no chão para manter o distanciamento reforça as medidas”, explicou o coordenador da Cosnip, Reroldi Vinícius Pereira Monteiro.

Além de orientações e informações sobre medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o uso obrigatório de máscara, a CODESA instalou 40 dispenseres com álcool e gel em pontos dos cais de Capuaba e Vitória, além de estações de higienização com pias, sabonetes e água.

 

10/08/2020

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória