O preparo do Porto de Vitória para atender a emergências ambientais foi mais uma vez comprovado com o resultado do simulado de inverno do Plano de Emergência Individual (PEI). Na tarde de quinta-feira (14), a Coordenação e Meio Ambiente e Segurança do Trabalho (COMAST) da CODESA, em parceria com a empresa Brasbunker, realizou uma simulação de contenção de óleo no Canal de Vitória.

Durante o exercício, realizado no berço 101 do Cais Comercial de Vitória, foi simulado o vazamento de resíduo oleoso durante uma operação de descarga de óleo usado, devido a erro operacional ou falha nos equipamentos, por fadiga de material ou vazão de bombeio excessiva. O tempo levado entre o avistamento da mancha e o primeiro atendimento pela equipe foi de 30 minutos, o que atende ao tempo previsto pela Resolução 398/2008 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA).  O Sistema de Gerenciamento e Informação do Tráfego de Embarcações (VTMIS) foi utilizado pela técnica Jéssica Broetto para a tomada de decisões.

O treinamento foi dividido em duas etapas. A parte teórica foi realizada na quarta-feira (13) e a prática na quinta-feira (14). Também estiveram presentes empresas habilitadas para retirada de resíduos de embarcação do porto e colaboradores da CODESA.  

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria